REGISTROS

NOTÍCIAS

SESSÃO CULTURAL DA ACADEMIA: Apresentação com música de órgão de tubos

Um raro espetáculo musical com a apresentação da organista de tubos Anne Schneider marcou a Sessão Cultural da Academia Sul-Rio-Grandense de Medicina (ASRM) nesta terça-feira (19). Exibida em formato virtual pelas plataformas Zoom e Facebook, a audição também apresentada de modo presencial proporcionou calorosos aplausos para a artista na audição na sede da Comunidade Martin Luther.

Ao longo da exibição, que contou com a presença da diretora cultural da ASRM, Miriam da Costa Oliveira, no centro do IECLB, Anne brindou a plateia com uma aula sobre o peculiar instrumento no mundo, desde sua origem nos primórdios da sua menção na própria Bíblia até as evoluções mais recentes.

Depois, passou a comentar o que tocava no órgão, acionando dois teclados e usando os pés nos 30 pedaletes do instrumento de 1,3 mil tubos, no qual ela é considerada uma das 100 mais importantes do mundo.

A cada interpretação de compositores populares ou consagrados, como Bach, Wagner e Mendelson, ela destacou, de modo didático, as particularidades e características das músicas.

Encerrou com Aleluia, de autoria de Handel, justificando que a peça é adequada à necessária “sobrevivência neste período conturbado de vírus e guerras”.