REGISTROS

NOTÍCIAS

ENCONTRO CULTURAL DA ACADEMIA SUL-RIO-GRANDENSE DE MEDICINA: Armindo Trevisan e a atualidade literária de Dante Alighieri

Uma aula de erudição cultural? Lições de história da arte? Ensinamentos de humanismo? Uma pregação da fé inabalável na poesia? Notável tributo literário à obra prima “A Divina Comédia” e ao seu criador Dante Alighieri? Sim, a apresentação virtual do escritor Armindo Trevisan na primeira atividade da nova gestão da Academia Sul-Rio-Grandense de Medicina (ASRM), liderada pelo acadêmico Luiz Lavinsky, foi tudo isto e muito mais do que uma reunião memorável, prevista pelo presidente na abertura do evento.

O encontro organizado pela diretora cultural acadêmica Miriam da Costa Oliveira e transmitido pela plataforma Zoom nesta terça-feira (08), mostrou um pouco da sabedoria, da sensibilidade e da elogiável modéstia do autor de “Por uma leitura atual da Divina Comédia de Dante Alighieri”, lançado recentemente.

Elaborada em 10 meses, segundo Trevisan, a trabalhosa construção do livro custou-lhe uma pneumonia e água na pleura; e ainda cobrou-lhe o pedágio de uma insuficiência cardíaca, aos 87 anos. O resultado é uma obra primorosa em sua dedicação e reconhecimento ao artista que ele denomina como “o maior poeta do mundo ocidental” e que ele estuda desde 1982.

Alighieri é único em sua atualidade autoral, garante o escritor gaúcho. Pode ser lido nos dias de hoje, 700 anos após sua morte, como era nos séculos XIV e XV. E o livro A Divina Comédia pode também ser reverenciado como a Bíblia e ser aberto em uma página ao acaso para se descobrir versos inesquecíveis. Como, aliás, fazia o médico e escritor Dyonélio Machado que mantinha a obra em um pedestal em sua sala residencial. Ali, em tom declamatório, lia embebido da sonoridade dos versos, tal como testemunhou o acadêmico Cláudio Marroni, em revelação feita durante os comentários na live – na qual também se manifestaram, elogiosos e sensibilizados, os acadêmicos Gilberto Schwartsmann, Waldomiro Manfroi, Nilson Luiz May e Rogério Xavier.

Aplaudido remotamente pelos participantes em suas janelas de computadores e celulares, agradecidos pela qualidade da exposição, repleta de reprodução de poemas, Trevisan confessou-se emocionado com a forma calorosa e pura com que foi acolhido pelos acadêmicos. “Corações generosos me comovem”, afirmou e, ao final, pediu: “Acreditem na força da poesia”.

 

Roteiro original de Armindo Trevisan complementa palestra

Trevisan compartilha seu roteiro original como material complementar à apresentação feita na primeira Sessão Cultural da ASRM da nova gestão, sob a coordenação da diretora de Cultura, Acadêmica Miriam da Costa Oliveira. Para acessar o material, clique AQUI.

A palestra versando sobre a obra prima de Alighieri é o tema do mais recente livro do autor gaúcho intitulado ” Por uma Leitura Atual da Divina Comédia de Dante Alighieri” (Porto Alegre,Editora Age, 2021).