REGISTROS

OPINIÕES

Opinião da Academia sobre as Drogas e Alcool

Posicionamento da Academia Sul-Rio-Grandense de Medicina sobre o problema do consumo de drogas no país.

Considerando que medidas que visem a redução do consumo de todas as drogas, álcool inclusive, acarretam diminuição dos problemas decorrentes do consumo, é importante ressaltar o que se segue:

1) O consumo de drogas, álcool inclusive, acarreta sérios problemas, tanto à saúde quanto à segurança pública,

2) O álcool é a primeira droga usada pelo brasileiro, funcionando como possível porta de entrada para o consumo das demais,

3) A maconha é a droga ilícita mais consumida no país, também funcionando como porta de entrada para as demais,

4) A iniciação nas bebidas alcoólicas se dá, em média, aos 13 anos de idade,

5) O consumo de bebidas alcoólicas se relaciona com pelo menos 50% dos comportamentos agressivos, incluídos acidentes de trânsito, violência doméstica, homicídios e suicídios,

6) 62% dos que experimentaram a maconha o fizeram antes dos 18 anos,

7) O efeito da maconha, em jovens, se associa a comprometimento do desempenho escolar, aumento da evasão da escola, diminuição da inteligência, depressão, esquizofrenia e comportamento suicida,

8) Dobrou o consumo de maconha em países onde houve algum grau de legislação liberalizante.

9) O Brasil tem uma política exitosa de saúde pública em relação ao tabagismo, com redução de 30,7% no número de fumantes nos últimos 9 anos.

10) Devemos dizer NÃO para a liberação da maconha no Brasil.

 

 

Autor: Sérgio de Paula Ramos