REGISTROS

ARTIGOS

Correio do Povo e Sanatório Belém

| por Luiz Augusto Pereira*

 

Em 1º de outubro de 2020, o jornal Correio do Povo comemorou 125 anos, uma verdadeira epopeia. Francisco Antônio Caldas Júnior (1868-1913) foi o seu principal fundador. Por suas ações, temos a oportunidade de ler o mais antigo jornal em circulação do Rio Grande do Sul. Em 30 de janeiro de 2020, o Sanatório Belém (SB) comemorou 86 anos. Nasceu da decisão de uma assembleia realizada em Porto Alegre nas dependências do cineteatro Coliseu.

A instituição é uma obra de muitos e, assim como o Correio do Povo, tem um idealizador e principal fundador, Manoel José Pereira Filho (1888- 1959), médico gaúcho que se especializou em 1912 no Rio de Janeiro com os cientistas Osvaldo Cruz e Carlos Chagas. Pereira Filho liderou a criação do SB em uma época em que já estava consagrado como professor catedrático de microbiologia da faculdade de Medicina e como destacado médico que enfrentou a pandemia da gripe espanhola no ano de 1918. O Sanatório Belém recebeu seus primeiros pacientes tuberculosos em 15 de maio de 1940, mas somente em 12 de outubro de 1943, foi oficialmente inaugurado pelo presidente Getúlio Vargas. No ano de 1975, vencida parcialmente a tuberculose, passou a ser Hospital Geral, resistiu até 2017, ano em que suspendeu suas atividades. A Associação Sanatório Belém continua existindo e reverenciando a todos que contribuíram e continuam contribuindo com a missão que inspirou a sua criação, baseada na ciência e na caridade.

O professor Pereira Filho em 1952, a pedido do Presidente da República, assumiu a direção do Serviço Nacional da tuberculose e posteriormente obteve um grande reconhecimento ao ter um Hospital do complexo da Santa Casa de Porto Alegre com o seu nome, Pavilhão Pereira Filho. O admirável Caldas Júnior e o Correio do Povo foram pioneiros na luta contra a tuberculose. Placas de bronze na entrada do prédio do Sanatório Belém reafirmam esse pioneirismo.

Presto minha homenagem e agradecimento ao Grupo Record e em especial ao Correio do Povo por tudo que tem feito de bom para o Rio Grande do Sul e para o Brasil.

 

* Médico, presidente do Sanatório Belém
Artigo publicado originalmente no jornal Correio do Povo em 2 de novembro de 2020