Barra topo

Academia Sul-Rio-Grandense de Medicina

Rua Bernardo Pires, 280, Sala 402 - CEP 90620-010
Porto Alegre - Rio Grande do Sul
(51) 3217-0666 - secretaria@academiademedicinars.com.br
Mantenedores - Opiniões - Academia Sul-Rio-Grandense de Medicina Opinião
09/06/2015
Nosso Grande Mestre

BRUNO PALOMBINI, UM DOS MAIORES MESTRES DA PNEUMOLOGIA BRASILEIRA

Sem ele o Pavilhão Pereira Filho (da Santa Casa de Porto Alegre) seria o que é? A Pneumologia Brasileira seria a mesma? Certamente, não.

Não sabemos o quanto nós pneumologistas devemos a este Mestre, mas que é muito disto não temos dúvida. Assim pensamos porque convivemos e tivemos a influência do Prof. Bruno Carlos Palombini.

Ainda acadêmicos, encontramos um lugar dentro da Universidade e do seu Hospital Escola (a Santa Casa de Porto Alegre) onde professores davam suas aulas com dedicação, maestria, e objetividade. Onde se trocavam idéias e se dizia o que se pensava sem medo de errar. Entre eles, Palombini foi um dos que mais nos motivou e incentivou.

Um lugar onde se abriam oportunidades, pois desde a fase acadêmica fazíamos plantões, cuidávamos pacientes, e participávamos ativamente do Serviço. Memoráveis discussões de casos e visitas na beira do leito. Revisões da literatura, aos sábados pela manhã, sobre Tuberculose, Câncer de Pulmão, DPOC, Asma, Função Pulmonar, e até Colagenoses - Lúpus, Artrite Reumatóide, Esclerodermia, Sjögren -, e outros temas que nos desafiavam.

Um lugar onde sempre se estavam criando novos Serviços, para ampliação estrutural, e quem estivesse disposto a trabalhar recebia oportunidades.

E, o mais importante, um lugar onde nossa Paixão pelo que estávamos fazendo na Medicina, naquela altura, em que as Instituições careciam de condições materiais e investimentos, vislumbrou um melhor caminho, com base científica, com humanismo, e com isso oportunizando o cumprimento da Missão de ser médico. Percebíamos um clima de competição pela competência, e isso nos agradava.

Um lugar onde éramos desafiados por aquilo de que mais gostávamos: o desafio da ciência!

Tivemos vários Mestres, mas, neste momento em que ele nos deixa, devemos lembrar mais intensamente Bruno Palombini, que foi quem mais acreditou em nós e nos abriu oportunidades. Foi um Clínico agregador, prático mas com tempo para sonhar. Estimulador de Equipe e, ao mesmo tempo, desenvolvedor de Indivíduos. Nosso paradigma, estimulou a atuação do médico completo na Assistência, Pesquisa e Ensino. Foi nosso mentor, tutor e facilitador, pois vertia entusiasmo, vibrava em confiança e sempre somava um algo mais.

Quando falarmos em Tosse crônica, Função Pulmonar, Deficiência de Alfa-1-antitripsina, Microlitíase Alveolar Pulmonar, Lavagem Broncopulmonar, na inseparabilidade da tríade Pesquisa-Ensino-Assistência, e tantos outros temas, reverenciaremos Bruno Palombini.

Aplicação, Entusiasmo, Agregação, e Acreditar Sempre foram seus maiores legados.

Obrigado, Mestre!

Equipe Médica do Pavilhão Pereira Filho – Junho de 2015

Autor: Luiz Carlos Correa da Silva