MEMBROS HONORáRIOS

Dakir Lourenço Duarte

Filho de Theodoro de Souza Duarte Sobrinho e de Celina Lourenço Duarte, natural de Vacaria, onde nasceu em 1928, Dakir Lourenço é casado com Vera Lúcia, com quem teve oito filhos, dos quais quatro médicos radiologistas, e 11 netos. Completou o curso médio no Colégio Anchieta em Porto Alegre, formou-se em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) em 1956 e fez seu treinamento em Radiologia Diagnóstica na Santa Casa de Misericórdia.

Como bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), foi fellow na Universidade de Oslo, Noruega, por sete meses em 1964 e a seguir por mais um ano, no Hospital Karolinska, em Estocolmo, Suécia. Foi na Suécia que conheceu o Dr. Felix Leborgne, radiologista uruguaio, que o convidou a passar um período em Montevidéu, onde especializou-se em radiologia da mama no serviço do Dr. Raul Leborgne, precursor mundial da mamografia.

Desde então, passou a dedicar-se à radiologia mamária como subespecialidade do diagnóstico por imagem e foi pioneiro na implantação da mamografia no Brasil. Na Serdil, empresa da qual foi sócio diretor e onde sempre exerceu sua atividade profissional, criou o Curso de Mama. Desde 1991 e até hoje, ministrou mais de 50 destes cursos, formando e treinando cerca de 1000 médicos de todo o Brasil em diagnóstico da mama. Nesta área específica, publicou vários trabalhos científicos e proferiu inúmeras palestras em congressos no Brasil e exterior. O seu pioneirismo e dedicação foram essenciais para implantar o rastreamento de câncer de mama no país, que beneficia milhares de mulheres com possibilidade de diagnóstico precoce através da mamografia.

Participou ativamente de várias entidades de classe, principalmente do Colégio Brasileiro de Radiologia (CBR), do qual obteve título de especialista em Radiodiagnóstico em 1969. Desde então, foi seu membro titular e, em 1995, foi fundador da Comissão de Qualificação em Mamografia do CBR, tendo sido seu diretor por três anos e membro atuante até hoje, ajudando a qualificar centenas de serviços, médicos, tecnólogos e físicos. Dentro do contexto associativo, foi conselheiro do Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio Grande do Sul (CREMERS), presidente da Associação Gaúcha de Radiologia e um dos fundadores da Unimed Porto Alegre.

Em 1976, passou dirigiu os serviços de sua área de especialização na Serdil e nos hospitais Lazzarotto e São Lucas da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Passar 40 anos na direção da Serdil o fez com visão empreendedora, tendo como objetivo prestar um serviço de qualidade e de ponta em diagnóstico por imagem à comunidade.

Foi aprovado em concurso para médico da Aeronáutica. Foi o primeiro professor de Radiologia da PUCRS e professor titular do Fundação Saint Pastous. Sócio-aspirante da Sociedade Brasileira de Mastologia do Rio de Janeiro, do Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem, do Colégio Interamericano de Radiologia e da Sociedad Latinoamericana de Imagenologia Mamaria.

Divulgou a imaginologia mamária por todo o país. O livro A Mama em Imagens, que foi publicado em 2006 (Guanabara Koogan) é o seu segundo livro, já que, em 1994, publicou Radiologia da Mama (Medsi). Desde o dia 22 de novembro de 2019 é membro honorário da Academia Sul-Rio-Grandense de Medicina.