CADEIRAS

PATRONO

Antônio Saint Pastous de Freitas

Antônio Saint-Pastous de Freitas nasceu em Alegrete a 11 de Fevereiro de 1892 e faleceu em Porto Alegre a 28 de Setembro de 1976. Formou-se na Faculdade Livre de Medicina e Farmácia de Porto Alegre, onde colou grau e defendeu tese de doutoramento em 20de Março de 1915.
Foi Catedrático de Clínica Médica da Faculdade de Medicina da Universidade de Porto Alegre, Diretor do Serviço de Câncer do Rio Grande do Sul e Reitor da UFRGS. Especializou-se em Clínica Médica, Radiologia e Cancerologia em 1916 e 1918 em
Montevidéu; em 1920 e 1921 em Paris, Berlim, Viena e Munique.
Em 1922 passou a exercer a medicina em Alegrete, onde fundou o Instituto de Radiologia Clínica, até 1927. Em 1928 vem exercer a medicina em Porto Alegre, para onde também transfere o Instituto de Radiologia Clínica.
Participa das revoluções de 1923 e 1930, nesta última como tenente-coronel e Chefe do Serviço Médico. Em Abril de 1930, passa a exercer como Professor Contratado o ensino na cátedra de Radiologia Clínica, criada pelo Prof. Sarmento Leite, a qual foi inaugurada em 16 de Abril de 1930, sendo a primeira aula em 19 de Abril de 1930. Exerceu esta atividade de 1930 a 1932.
De 21 de Junho de 1935 a 28 de Junho de 1935 presta concurso para Professor Catedrático de Clínica Médica da Faculdade de Medicina de Porto Alegre, para a qual é nomeado em 14 de Agosto de 1935 e toma posse e exercício no cargo em 10 de Setembro de 1935. Em 18 de Abril de 1938 inicia o exercício de Diretor da Faculdade de Medicina; de 23 de Setembro de 1943 a 15 de Junho de 1944 exerce o cargo de Reitor da Universidade de Porto Alegre.
Em 1931 publicou a Revista de Radiologia Clínica. Em 1932 orientou várias teses de doutoramento algumas sobre assuntos pioneiros – Aortografia Abdominal (tese do Dr. Paulo A Osório); estudo anatomoradiológico das artérias cerebrais(tese do Dr. Elias José Kanan); em 1934 Arteriografia dos membros(tese do Dr. Albio Petrucci). Em 1939, “Officier de La Academie de France”. Em 14 de Abril de 1943, Irmão da Santa Casa de Misericórdia; em 12 de Abril de 1951, Irmão Benemérito da Santa Casa; em 29 de Março de 1974, Irmão Grande Benemérito da Santa Casa.